fbpx

Reginaldo Veras faz críticas o BRT  

Foto: Carlos GandraNa sessão desta tarde, o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) fez duras críticas ao BRT, que liga o Gama a Santa Maria.

“Essa é talvez uma das obras mais vergonhosas da história do Distrito Federal, tão vergonhosa quanto a Estrada Parque Taguatinga (EPTG). A EPTG talvez seja a maior aberração do Governo Arruda: paradas do lado errado que não funcionam, faixa exclusiva que não atende à demanda de ninguém. Mas esse assunto está superado. Já o BRT, que liga Santa Maria e Gama, é a obra mais inútil já feita em Brasília nos últimos tempos, porque passa um ônibus a cada 15 minutos”, afirmou.

O deputado informou ter recebido uma série de vídeos que mostram o caos do embarque no horário de pico.  “Nem gado, nem bicho são tratados como o ser humano é tratado no embarque. Não é possível que o DFTrans não consiga colocar dois funcionários ali para regular a entrada”, disse. “Estive recentemente no Rio de Janeiro. No horário de pico, peguei o metrô e o trem lá. Fica lá um funcionário da companhia orientando a entrada, a coisa é relativamente organizada, apesar de o montante de passageiros ser infinitamente superior. E aqui não há sequer um funcionário sequer do DFTrans para organizar a entrada dos passageiros no BRT. Aquilo é uma vergonha! O custo-benefício daquela obra talvez seja o maior crime aos cofres públicos do Distrito Federal. Se a EPTG é a maior aberração do Governo Arruda, o BRT é até agora a maior aberração do Governo Agnelo”, finalizou.

Ísis Dantas
Assessoria de Imprensa

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade