fbpx

Dia do Jovem: reivindicações dão o tom em solenidade

Foto: Anna Cléa Maduro

No Dia do Jovem, comemorado no Brasil em 13 de abril, a Câmara Legislativa, por iniciativa dos deputados Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Prof. Israel (PV), realizou sessão solene em homenagem a data. O evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (13), no plenário da Casa, e contou com a presença expressiva de inúmeros jovens, que lotaram o plenário e a galeria.

Na ocasião, Reginaldo Veras destacou que a data, além de homenagear o grupo que representa mais de um terço da população mundial, também deve ser motivo para reflexão.

Foto: Anna Cléa Maduro

No Dia do Jovem, comemorado no Brasil em 13 de abril, a Câmara Legislativa, por iniciativa dos deputados Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Prof. Israel (PV), realizou sessão solene em homenagem a data. O evento aconteceu na manhã desta segunda-feira (13), no plenário da Casa, e contou com a presença expressiva de inúmeros jovens, que lotaram o plenário e a galeria.

 Na ocasião, Reginaldo Veras destacou que a data, além de homenagear o grupo que representa mais de um terço da população mundial, também deve ser motivo para reflexão.

“É dever da sociedade reconhecer e buscar soluções para os principais obstáculos que impedem o desenvolvimento do jovem, tais como o uso de drogas, o alcoolismo, a violência, o desemprego, a evasão escolar, entre outros. Este dia tem um forte apelo para mostrar à juventude o seu papel, seus direitos e deveres no contexto atual”, disse o parlamentar.

Reivindicações – A redução da maioridade penal, a necessidade de infraestrutura adequada nas escolas, o investimento em educação pública e de qualidade foram alguns dos pontos abordados durante a solenidade.

Luiza Caroline Costa de Abreu, estudante do Centro Médio 09 de Ceilândia, aproveitou sua fala para fazer inúmeras reflexões sobre as necessidades dos jovens, a educação no Brasil e a necessidade de mudança de perspectivas.

 “Primeiro quero dizer que não gosto muito das comparações que fazem entre a realidade brasileira e a realidade de outros países. É preciso que encaremos nossas dificuldades e nossas potencialidades, pois se ficarmos presos a essas comparações não chegaremos a lugar algum”, disse. “Eu posso dizer que tenho fome de cultura e sede de aprendizagem, mas infelizmente vejo que no Distrito Federal as políticas públicas na área de educação têm como foco o número de aprovações e não a questão da aprendizagem, o que considero um erro. Os jovens precisam de educação de qualidade, com foco na aprendizagem. Isso faz toda a diferença. Trago como exemplo minha escola, onde, há aproximadamente seis anos, com a implementação de um projeto educativo, os alunos puderam mudar suas perspectivas e desenvolveram paixão pelo saber, começaram a se envolver e querem, cada vez mais, trilhar novos e mais promissores caminhos”, disse.

A aluna também levantou uma questão polêmica e muito atual, a redução da maioridade penal. A PEC da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos (PEC 171/93) teve sua admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça no fim de março. No mesmo dia de sua aprovação, foi criada a comissão especial para debater o mérito da proposta. À PEC 171 foram apensadas outras 38, que tratam da redução da maioridade penal. Entre elas, há propostas para reduzir a maioridade para 12 anos e outras que sequer estabelecem limite de idade.

 “Acho uma agressão aos jovens a proposta que tramita na Câmara Federal. Sei que esta Casa não pode interferir na discussão da PEC, mas acho um absurdo o que querem fazer, punir os jovens que, por falta de oportunidade, enveredaram para o mundo do crime. A discussão teria que ter outro viés, é preciso proporcionar educação de qualidade e oportunidades aos nossos jovens para que eles possam ser donos de seus destinos”, finalizou.

Reginaldo Veras, concordou com a fala da jovem e disse que, à época da aprovação da PEC, salientou a necessidade de a Câmara Legislativa criar a Lei de Responsabilidade da Educação.

 “Com a Lei da Responsabilidade da Educação poderíamos colocar na cadeia os mesmos ímprobos gestores que não aplicam os percentuais destinados à educação e permitem que crianças fiquem nas ruas, vulneráveis ao crime, sem acesso à educação pública, integral e de qualidade”, falou.

Políticas Públicas com recorte para a juventude – A subsecretária de Juventude da Secretária de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do Distrito Federal, Aline Bezerra, aproveitou a solenidade para anunciar que a pasta está fazendo um mapeamento de todas as políticas com interface em juventude.

Segundo Aline, o intuito é trabalhar com políticas que alcancem toda a juventude do DF.

“Iremos lançar vários projetos, um deles é o Polo de Estudos nas cidades. Outra boa notícia é que em breve estaremos inaugurando um centro de juventude na cidade de Ceilândia, onde serão ofertadas palestras, cursos e oficinas para os jovens da região.

Participaram da solenidade o deputado Professor Israel Batista (PV); o Subsecretário de Empreendedorismo e presidente da Juventude Socialista do PDT, Thiago Jarjour; o Líder de Governo, deputado Júlio Cesar (PRB); a estudante do Centro Educacional 123 de Samambaia, Juliana Pinheiro da Silva e o estudante do Centro de Ensino Médio Ave Branca de Taguatinga, João Pedro de Souza Fernandes.

Homenagem – Ao término da solenidade o deputado Prof. Reginaldo Veras concedeu moção de louvor ao professor Sebastião Ivaldo e aos alunos Sthefany Falcão, Alessandro Nascimento e Juliana Macedo, do Centro de Ensino Médio 2 do Gama, pela participação na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (FEBRACE) de 2015. O evento aconteceu de 16 a 20 de março na Universidade de São Paulo (USP).

Foto: Anna Cléa Maduro

 Ísis Dantas (Assessoria de Imprensa)

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Distrito Federal terá Semana de Combate e Prevenção à Violência Doméstica

Compartilhar via WhatsApp Na tarde desta quarta-feira (07), durante sessão remota, a Câmara Legislativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade