fbpx

Professores se reúnem e indicativo de greve é derrubado

Foto: Anna Cléa Maduro

A assembleia dos professores realizada hoje (9), na praça do Buriti, terminou com a derrubada do indicativo de greve após o GDF ter retomado parte dos pagamentos atrasados.

Foto: Anna Cléa Maduro

A assembleia dos professores realizada hoje (9), na praça do Buriti, terminou com a derrubada do indicativo de greve após o GDF ter retomado parte dos pagamentos atrasados. A reunião foi marcada a fim de discutir o plano de carreira dos docentes e o reajuste salarial previsto.

Na ocasião mais de 400 professores votaram a favor do estado de mobilização. A diretoria do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) também pediu um posicionamento do governo perante a convocação dos aprovados no último concurso, bem como o pagamento da última parcela do reajuste previsto no Plano de Carreira.

Professor da rede pública de ensino há mais de 20 anos, o deputado e presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC), Reginaldo Veras (PDT), também filiado ao Sinpro-DF, manteve seu histórico de lutas e compareceu à assembleia. O parlamentar vem acompanhando todas as reivindicações da classe e trabalhando em prol da educação no Distrito Federal.

As discussões realizadas hoje serão retomadas no dia 17 de junho, data prevista para a nova assembleia dos professores. Até a reunião, a categoria segue mobilizando as escolas públicas para a discussão de pautas como a terceirização, o Plano Nacional de Educação (PNE) e o Plano Distrital de Educação (PDF).

A fim de discutir tais assuntos, os professores aprovaram também as chamadas plenárias regionais de mobilização, que pretendem discutir as principais reivindicações da categoria em todas as regiões administrativas do DF. A primeira delas ocorre no próximo dia 28 com as regionais de Brazlândia, Samambaia e Recanto das Emas.

 Anna Cléa Maduro (Assessoria de Imprensa)

Foto: Anna Cléa Maduro

Sobre Anna Cléa Maduro

Anna Cléa Maduro
Jornalista e fotógrafa. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

DF terá Nota Legal Solidária

Compartilhar via WhatsApp Os deputados distritais aprovaram em primeiro e segundo turnos , na sessão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade