fbpx

Plano Distrital de Educação avança na Câmara Legislativa

Foto: Silvio Abdon/CLDF

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa aprovou, na manhã desta quarta-feira (03), o projeto de lei nº 428/2015, que estabelece o Plano Distrital de Educação (PDE). A matéria foi aprovada em forma de substitutivo de vários deputados.  “Apenas fizemos adequações formais e procuramos manter o texto original, conforme elaborado pelo Fórum Distrital de Educação”, justificou Reginaldo Veras (PDT), presidente da CESC e relator da matéria.

Foto: Silvio Abdon/CLDF

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa aprovou, na manhã desta quarta-feira (03), o projeto de lei nº 428/2015, que estabelece o Plano Distrital de Educação (PDE). A matéria foi aprovada em forma de substitutivo de vários deputados.  “Apenas fizemos adequações formais e procuramos manter o texto original, conforme elaborado pelo Fórum Distrital de Educação”, justificou Reginaldo Veras (PDT), presidente da CESC e relator da matéria.

Presente à reunião como suplente da deputada Luzia de Paula (PEN), o deputado Rodrigo Delmasso (PTN) tentou aprovar emendas que retiravam do texto as referências ao respeito à diversidade de gênero. “A ideologia de gênero destrói qualquer identidade sexual e, por consequência, a família, qualquer tipo de família”, argumentou Delmasso na justificação de suas emendas. Os integrantes da comissão, no entanto, rejeitaram as emendas propostas pelo distrital, mantendo o texto elaborado no Fórum Distrital de Educação. O projeto segue em tramitação na Câmara Legislativa.

O representante do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), Cláudio Antunes, comemorou a aprovação do projeto. “O PDE é planejamento do sistema de educação do DF para os próximos dez anos. É importante ressaltar que é um plano que ultrapassa mandatos de governo. Os maiores destaques são a universalização da educação infantil, a elevação dos recursos para a educação e a valorização da carreira de magistério, pois prevê para o professor isonomia de salários com as demais carreiras de nível superior”, afirmou Cláudio, que também elogiou a forma como o projeto foi elaborado: “Houve participação dos estudantes, pais e professores de todas as escolas. Todas as sugestões foram levadas ao Fórum Distrital de Educação, que consolidou o texto final. Finalmente o DF ganha seu primeiro plano de educação”.

Participaram da reunião os deputados Reginaldo Veras, Rodrigo Delmasso, Juarezão (PRTB) e Wasny de Roure (PT).

Clique e assista.

Fonte: Éder Wen, da Coordenadoria de Comunicação Social da CLDF

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade