fbpx

Veras prestigia lançamento do programa Pacto pela Vida

Foto:Pedro Ventura/Agência Brasília

O deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) participou, na manhã desta terça-feira (21), da solenidade de assinatura do decreto que cria oficialmente o Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida.

Para Veras o programa de segurança pública é importante, entretanto, na ocasião, o parlamentar ressaltou que a violência é fruto da desigualdade social e não são apenas ações repressivas que resolverão a questão e suas implicações.


Foto:Pedro Ventura/Agência Brasília

O deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) participou, na manhã desta terça-feira (21), da solenidade de assinatura do decreto que cria oficialmente o Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida.

Para Veras o programa de segurança pública é importante, entretanto, na ocasião, o parlamentar ressaltou que a violência é fruto da desigualdade social e não são apenas ações repressivas que resolverão a questão e suas implicações.
“Parabenizo o governador Rodrigo Rollemberg pelo programa Pacto pela Vida, mas quero destacar que o governo precisa tratar a questão sob um aspecto bem mais amplo e estrutural. Não são apenas ações repressivas que resolverão a questão da violência. É preciso que existam políticas públicas que propiciem à nossa juventude acesso à educação, ao lazer, a cidadania, pois se isso não acontece o Estado mais uma vez se omite e permite que os jovens , em sua maioria moradores de periferia e negros sejam vitimizados e vitimizem”, disse. ” Outra necessidade urgente é investir nos quadros das nossas Polícias Civil e Militar, dando condições de trabalho, de formação e atendendo a necessidade de reforços aos efetivos da corporações, desfalcados por aposentadorias, etc. “, completou.

Foto: Arquivo

O evento foi realizado no Ginásio Regional de Ceilândia, na Guariroba, e contou com a participação de grande número de secretários e subsecretários de Estado, administradores regionais, presidentes e diretores de empresas públicas, além de deputados distritais, moradores, representantes de entidades da sociedade civil, policiais militares e civis, bombeiros, agentes de trânsito e servidores de p ersas áreas do governo.

O programa – Os principais objetivos são a redução dos crimes violentos letais intencionais, como os homicídios, e daqueles contra o patrimônio, como roubos e furtos; a melhoria dos serviços e o aumento da confiança nas instituições de segurança pública; e a promoção de uma cultura de paz, por meio de políticas preventivas que combatam a vulnerabilidade social.

Para atingir os objetivos, o programa vai aprimorar a integração entre os órgãos de segurança pública, aumentar a transparência das informações criminais, buscar a cooperação do Poder Judiciário para a responsabilização dos autores dos crimes e fortalecer políticas sociais em regiões vulneráveis.

Decretos – O primeiro texto assinado pelo governador cria oficialmente o Viva Brasília — Nosso Pacto pela Vida.

O segundo estabelece a obrigatoriedade da p ulgação mensal ou trimestral, a depender do tipo de dado, das estatísticas criminais e da produtividade policial, como vem sendo feito desde janeiro. As informações serão acessíveis à população pela internet.

O terceiro texto estabelece as áreas de segurança pública e as regiões integradas de segurança pública, que p idem o território do Distrito Federal para a alocação e o emprego de efetivos policiais táticos e operacionais. Dependendo do caso — o combate a um problema local, como o tráfico de drogas em uma quadra —, poderão ser criadas circunscrições para operações específicas.

Ísis Dantas, com informações da Agência Brasília

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade