Início / Notícias / Veras cobra nomeações de aprovados em diversos concursos

Veras cobra nomeações de aprovados em diversos concursos

Foto: Rogaciano José

Na  tarde desta terça-feira (11), durante o comunicado de parlamentares, o deputado Professor Reginaldo Veras (PDT), utilizou a tribuna para falar sobre a nomeação de  240 professores aprovados no concurso de 2014 e cobrar ao governo que proceda com a nomeação de aprovados em inúmeros certames.

Foto: Rogaciano José

Na  tarde desta terça-feira (11), durante o comunicado de parlamentares, o deputado Professor Reginaldo Veras (PDT), utilizou a tribuna para falar sobre a nomeação de  240 professores aprovados no concurso de 2014 e cobrar ao governo que proceda com a nomeação de aprovados em inúmeros certames.

“Na última segunda-feira (10) a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF), por intermédio da Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização (SEGAD), nomeou 240 professores aprovados no concurso de 2014, entre eles meu filho, que passou em terceiro lugar para a disciplina de Espanhol”, disse. “Espero que meu filho seja tão feliz quanto eu sou como professor. E digo sou, por que continuo lecionando”, completou.

Segundo Veras, as nomeações são insuficientes, pois “foram nomeados 240 professores, quando há mais de 600 aposentadorias, sem contar com as vagas definitivas ocupadas por contratos temporários”.

O parlamentar ressaltou que a situação se repete na Secretaria de Saúde, onde “os temporários ocupam vagas definitivas e há carência de profissionais em várias áreas, desde o quadro administrativo, passando por fisioterapeutas, odontólogos e médicos”.

Reginaldo Veras também destacou outro grave problema: a quantidade excessiva de horas extras.”Pagar hora extra sai mais caro que contratar um novo profissional e a produtividade é menor, pois o profissional que faz a hora extra já está cansado”, avaliou.

O deputado aproveitou para cobrar outras nomeações.

“Espero ainda que o governador nomeie, com urgência, os aprovados nos concursos do Metrô, onde terceirizados ocupam os postos de trabalho que deveriam ser ocupados por servidores concursados; os aprovados da Secretaria de Cultura, que não realizava concurso público há mais de 20 anos e que sofre com a enorme carência de servidores”, falou. ” Outros órgãos como CEB, CAESB, BRB também têm aprovados esperando as nomeações”, completou.

Em relação à Segurança Pública, Veras destacou a situação dos Policiais Civis e dos agentes penitenciários, que estão ansiosos para trabalhar.

“Lembro às autoridades  do Poder Executivo que não é possível colocar em prática o programa de segurança denominado “Pacto pela Vida: Viva Brasília”, sem profissionais nas Ruas”, ponderou.

Finalizando sua fala Veras ressaltou que a “aprovação em concurso público é a forma mais meritocrática de acesso ao serviço público” e pediu ao governador que “nomeie já”!

Ísis Dantas, Assessoria de Imprensa

 

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Câmara Legislativa debaterá situação das escolas do campo do DF

Compartilhar via WhatsApp As escolas do campo do Distrito Federal, conhecidas como escolas rurais, vem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade