fbpx

Nota do deputado Reginaldo Veras sobre o veto do PL 44/2015

Fot: Anna Cléa Maduro

Entendemos que a justificativa do Executivo para o veto do Projeto de Lei 44/2015, que amplia a todos os profissionais da Educação do DF o direito a meia-entrada em eventos culturais artísticos e desportivos, é incoerente.

Entendemos que a justificativa do Executivo para o veto do Projeto de Lei 44/2015, que amplia a todos os profissionais da Educação do DF o direito a meia-entrada em eventos culturais artísticos e desportivos, é incoerente.

Segundo o documento, a medida prejudicaria o empresariado do setor. No entanto, se eu reduzo o preço dos ingressos, a tendência é aumentar a quantidade de pessoas nos cinemas, teatros e eventos. Diferentemente do argumento apresentado no veto, a ação geraria mais lucro às empresas e não o contrário.

Lembrando que o veto NÃO altera a lei, já existente, que garante a meia-entrada aos professores do DF. Assista ao meu pronunciamento no plenário da Câmara Legislativa, dia 22/9, durante a sessão ordinária.

Deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT)

Sobre Anna Cléa Maduro

Anna Cléa Maduro
Jornalista e fotógrafa. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Presidente da Novacap recebe moradores do Gama e de Planaltina

Compartilhar via WhatsAppNa última quinta-feira (23), o presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade