fbpx

Veras cobra instalação de barreiras eletrônicas em frente a Centro Universitário em Ceilândia

 

Foto: Arquivo

Em recente visita ao Centro Universitário IESB, na Região Administrativa de Ceilândia, o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) presenciou a situação de risco que os mais de cinco mil alunos da instituição estão sujeitos ao tentar atravessar as pistas na proximidade.

Durante três horas de permanência no local o parlamentar presenciou três acidentes, sendo um deles com vítima. Apesar de haver um grande tráfego de veículos na região não há barreira eletrônica de velocidade, o que transforma a travessia dos alunos num risco eminente.

Sensível à questão, Reginaldo Veras enviou ao Executivo uma indicação sugerindo que sejam instaladas na localidade barreiras eletrônicas de velocidade.

“Esse é um pleito justo da comunidade universitária local.  É imprescindível que o Estado trabalhe para garantir a segurança no trânsito e preservar vidas”, diz Veras.

Sistema de escoamento –  Além das barreiras eletrônicas, Veras também sugeriu ao governo que implante sistema de escoamento de água em frente ao Centro Universitário IESB, na QNN 31, em Ceilândia.

Segundo os estudantes da instituição, na época das chuvas o local fica intransitável por conta de recorrentes enchentes causadas por falta de sistema de escoamento de água.

Ísis Dantas, da Assessoria de Imprensa

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Distrito Federal terá Semana de Combate e Prevenção à Violência Doméstica

Compartilhar via WhatsApp Na tarde desta quarta-feira (07), durante sessão remota, a Câmara Legislativa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade