fbpx

Meia-entrada a todos os profissionais da educação

Além dos vetos do Plano Distrital de Educação, o presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC), Prof. Reginaldo Veras (PDT), comemorou a derrubada do veto ao Projeto de Lei 44/2015, durante sessão extraordinária realizada na noite de ontem (14).

Além dos vetos do Plano Distrital de Educação, o presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC), Prof. Reginaldo Veras (PDT), comemorou a derrubada do veto ao Projeto de Lei 44/2015, durante sessão extraordinária realizada na noite de ontem (14).

O PL garante aos auxiliares em educação do sistema de ensino do Distrito Federal, das redes pública e privada, a concessão de 50% de desconto na aquisição de ingressos para eventos artísticos, culturais e desportivos. A luta para levar o benefício a esses profissionais durou um ano e é fruto da atuação do propositor do projeto junto ao Sindicato dos Trabalhadores em Escolas Públicas no Distrito Federal (SAE-DF).

Para o distrital Prof. Reginaldo Veras, a justificativa do Executivo para o veto que amplia a todos os profissionais da educação o direito à meia-entrada era incoerente. “Segundo o documento, a medida prejudicaria o empresariado do setor, no entanto, se eu reduzo o preço dos ingressos, a tendência é aumentar a quantidade de pessoas nos cinemas, teatros e eventos. Diferentemente do argumento apresentado no veto, a ação vai gerar mais lucro às empresas e não o contrário”, destacou.

O presidente da CESC acrescentou ainda que a proposição visa melhorar a qualidade da educação ao valorizar os profissionais da área por meio da atualização e capacitação permanente. “É preciso democratizar o acesso aos eventos artísticos, culturais e desportivos realizados no Distrito Federal”, concluiu Veras.

Modificação da Lei

O PL aprovado modifica a Lei nº 3.516, de 27 de dezembro de 2004, que assegura aos professores do Distrito Federal o desconto na compra de ingressos. Ou seja, a proposição foi criada no intuito de incorporar todas as categorias da área educacional que, até o momento, não tinham acesso ao benefício. Lembrando que a medida não prejudicará os profissionais que já gozavam do direito à meia-entrada.

O desconto também será oferecido a todos os profissionais da rede pública e privada de ensino que estejam aposentados.

Anna Cléa Maduro (Assessoria de Imprensa)

Rinaldo Morelli/CLDF

Sobre Anna Cléa Maduro

Anna Cléa Maduro
Jornalista e fotógrafa. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Veras recebe Secretário de Relações Institucionais da PMDF

Compartilhar via WhatsApp O trabalho não para . Hoje (27) pela manhã, o deputado Prof. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade