fbpx

2015 foi um ano de aprendizado e superação para o DF, diz Veras

 

 

Para o presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC), deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), o ano de 2015 termina com saldo positivo, apesar das inúmeras dificuldades enfrentadas pela população do Distrito Federal.

“ O governador assumiu o Executivo com um rombo deixado pela antiga gestão e durante todo o ano a população sentiu na pele o reflexo dessa herança. A Câmara Legislativa foi fundamental para recepcionar as demandas da sociedade e dialogar com o governo para encaminhar essas questões de forma a atender as aspirações da população”, disse.

Para o distrital, “2016 precisa trazer a normalidade, o equilíbrio das contas públicas e a capacidade de gestão para que o governo possa honrar seus compromissos, gerar emprego e possibilitar o crescimento econômico, além de ofertar uma educação pública de qualidade e um atendimento mais digno e humano na saúde pública”.

Em relação ao primeiro ano de seu mandato, Veras faz uma avaliação extremamente positiva. O deputado, que assumiu como compromisso a transparência na atuação parlamentar, diz ser preciso continuar trabalhando para que seu mandato seja cada vez mais responsável, transparente e acessível à população do DF.

No quesito transparência, Veras buscou cumprir o que assegurou   durante a campanha.  Ele abdicou, de forma irretratável e definitiva, de 100% (cem por cento) da verba indenizatória e da verba de correspondência a partir do exercício de 2016. Tais valores são referentes aos recursos que custeiam os trabalhos dos gabinetes parlamentares, bem como as quotas mensais de franquia postal e telegráfica que cada parlamentar tem direito – respectivamente. Em 2015, o deputado utilizou menos de 5% (cinco por cento) do valor que teria direito.

Ao abrir mão dessas verbas, o distrital economizará quase meio milhão de reais aos cofres públicos anualmente (R$ 303.867 mil da verba indenizatória e R$ 168 mil da verba de gabinete).

Já no que diz respeito a atuação parlamentar 2015 foi um ano de muita produtividade. Como presidente da CESC Veras visitou as 14 Coordenações Regionais de Ensino (CREs) e produziu um relatório sobre a situação da educação pública no DF. O diagnóstico foi entregue ao governador. Além disso, o deputado teve cinco projetos de lei aprovados, dos sete apresentados.  Propôs e realizou 19 audiências públicas e cinco sessões solenes e teve 100% de frequência nas sessões ordinárias e reuniões das comissões da Câmara Legislativa.

Para 2016 a intenção é continuar a seguir a linha do “economiza e faz”. Entretanto, o deputado pretende focar sua atuação na fiscalização e acompanhar par e passo a utilização dos recursos públicos.

“O ano de 2016 será um ano de mais trabalho. A nossa intenção é continuar a exercer um mandato transparente e participativo e ampliar nossa atuação no que diz respeito a aplicação dos recursos públicos”, diz Veras.

Acompanhe e participe do mandato do deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT). ACESSE www.reginaldoveras.com.br e ajude a consolidar um mandato participativo e voltado para atender os anseios da população do DF.

Ísis Dantas, da Assessoria de Imprensa

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade