Início / Especial / Reginaldo Veras questiona Marli Rodrigues durante reunião da CPI da Saúde
Foto: Rogaciano José

Reginaldo Veras questiona Marli Rodrigues durante reunião da CPI da Saúde

Como presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) tem acompanhado de perto os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara Legislativa. Para ele é fundamental que as investigações da CPI transcorram de maneira isenta e tendo compromisso sempre com a verdade.

Na manhã desta segunda-feira (15) Reginaldo Veras participou da reunião da Comissão. Inicialmente seria realizada acareação entre o vice-governador do DF, Renato Santana, e a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues. Entretanto, a acareação não pôde ser realizada, pois, o vice-governador se valeu da prerrogativa legal de não ser obrigado a comparecer por convocação e enviou à CPI justificativa por escrito de sua ausência.

Mesmo assim os deputados deram continuidade à reunião da CPI ouvindo mais uma vez Marli Rodrigues. Na ocasião, Reginaldo Veras aproveitou para questionar a sindicalista. Ele quis saber se Marli teria planejado e combinado com o ex-funcionário do SindSaúde e ex-ouvidor da vice-governadoria, Valdecir Marques Medeiros, a realização das gravações de conversas com Renato Santana.

Além disso, indagou se Valdecir, como ouvidor, não teria trazido nenhuma informação sobre ilícitos no governo e se ele teria trazido à tona o esquema por preocupação com a gestão dos recursos públicos ou por outras questões. Veras também indagou Marli se ela sabia que o vice-governador conhecia o esquema de corrupção e quem teria sugerido a ela que Renato estaria ciente sobre o pagamento de propina.

Assista e veja os questionamentos feitos por Reginaldo Veras.

Sobre Anna Cléa Maduro

Anna Cléa Maduro

Jornalista e fotógrafa. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Contrato temporário: Convocação para 2018

Compartilhar via WhatsAppSegundo nota publicada no site da Secretaria de Educação do Distrito Federal, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessibilidade