fbpx
Foto: Anna Cléa Maduro

Conselho de Saúde defende modelo de atenção primária

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) tem participado ativamente das discussões sobre a possível implantação de Organizações Sociais (OSs) na Saúde do DF. Por isso, manhã de hoje abriu espaço, durante reunião da comissão, para que o Conselho de Saúde do Distrito Federal fizesse a apresentação do modelo de atenção primária à saúde do DF.

Na ocasião, presidente do conselho, Helvécio Ferreira da Silva, enfatizou que “a atenção primária deve ser a alavanca do Sistema Único de Saúde”.

Conforme explicaram os conselheiros Márcio Mata e Tiago Coelho, o modelo resulta de um trabalho coletivo que envolveu usuários, trabalhadores e gestores da área. Ampliar a saúde da família é uma das principais medidas da atenção primária, segundo eles. Os conselheiros defenderam ainda que este modelo seja gerido de forma descentralizada, baseado em redes integradas de atenção à saúde.

De acordo com Tiago Coelho, a atenção primária é a que melhor vai atender ao perfil em “transição demográfica e epidemiológica” em que o Distrito Federal se encontra. “Há uma diminuição crescente da taxa de natalidade e uma estabilização na taxa de mortalidade no DF”, explicou. Nesse cenário, as principais causas de morte são as doenças crônico-degenerativas, como diabetes, hipertensão e AVC. “A atenção primária robusta deve ser mais enfatizada do que a rede de urgências e emergências”, defendeu Coelho. Dessa forma, espera-se prevenir e evitar o agravamento daquelas doenças.

De forma prioritária, os serviços de saúde primária devem ocorrer nos chamados “vazios assistenciais”, como em Ceilândia, onde é necessária a criação de novas equipes de saúde na família, segundo os conselheiros.

O presidente da CESC, deputado Professor Reginaldo Veras (PDT), se comprometeu a levar, pessoalmente, junto com os demais membros da comissão, ofício com o modelo de atenção primária ao secretário de Saúde do DF, Humberto Lucena.

Participaram Wasny de Roure (PT), Luzia de Paula (PSB) e o deputado Rafael Prudente (PMDB).

Franci Moraes – Coordenadoria de Comunicação Social da CLDF, com alterações

 

Apresentação do modelo de atenção primária à saúde do DF:

Download (PPTX, 1.35MB)

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade