fbpx
Foto: Ísis Dantas

CESC rejeita, por unanimidade, projeto que cria o Instituto Hospital de Base

Foto: Ísis DantasApós muitas polêmicas o Projeto de Lei nº 1.486/17, que autoriza o Poder Executivo a instituir o Instituto Hospital de Base do Distrito Federal, foi rejeitado, na manhã desta quarta-feira (17) durante a reunião da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC).

Por unanimidade, o voto em separado do deputado Wasny de Roure (PT), que avocou a relatoria do PL na ausência do relator designado– deputado Juarezão (PSB), foi acatado. Em sua exposição de motivos o parlamentar pediu a rejeição do PL na CESC – comissão que analisa o mérito da proposta. Reginaldo Veras (PDT) e Raimundo Ribeiro (PPS) acompanharam Wasny, votando pela rejeição do projeto.

Apesar de rejeitado na CESC – que não é uma comissão terminativa, o PL já havia sido aprovado nas demais comissões da Casa e agora seguirá para apreciação em plenário.

Crianças cardiopatas – Antes da discussão do projeto que cria o Instituto Hospital de Base no DF, a conselheira administrativa da Associação de Assistência À Criança Cardiopata- Pequenos Corações, sra. Janaina Souto, fez uma breve apresentação das necessidades de crianças cardiopatas congênitas no DF e pediu apoio dos parlamentares para tentar equacionar a questão.

Foto: Ísis Dantas

Ísis Dantas, da Assessoria de Imprensa

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade