fbpx
Foto: Carlos Gandra/CLDF

Veras pede que Detran reveja campanha que intitula “de extremo mau gosto”

Por Ísis Dantas

Na tarde desta quarta-feira (23) o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) aproveitou o comunicado de parlamentares para expor o protesto feito por Motociclistas, representantes de Moto Clubes e Moto Grupos, que criticam a campanha “A vida sobre duas rodas nem sempre é emocionante” veiculada recentemente pelo Detran DF para tratar de segurança no trânsito. Na ocasião, Veras fez um breve relato sobre o vídeo e pediu ao Líder de Governo, deputado Agaciel Maia (PTC), que leve o pleito ao representante do órgão.

Segundo o parlamentar, o que choca na propaganda é o fato de um ator que representa um cadeirante dizer que hoje a vida em duas rodas não o atrai mais.

“Eu particularmente achei a campanha de extremo mau gosto, discriminatória e pouco educativa. Acho que o Detran podia rever a propaganda que está sendo veiculada”, disse.

Veras também destacou que as associações de motociclistas reclamam que em nenhum momento foram consultadas a respeito do teor da propaganda.

“Se é um comercial voltado para alerta, para educação no trânsito em relação a esse segmento da sociedade seria prudente que eles tivessem sido previamente consultados”, afirmou. “Vale lembrar  a campanha “Não Dirija Teclando”, realizada após a morte do Dudu, conhecido motociclista morto vítima de acidente por uma condutora que dirigia teclando ao celular”, finalizou.

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

TCDF analisa representação que pede volta de pagamento de benefício para Educadores Sociais Voluntários

Compartilhar via WhatsApp Nesta quarta-feira (24), às 15h, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade