fbpx

PLC 122/17: “Não se pode perder a coerência”, diz Veras

A postura adotada pelo governo, que em retaliação a deputados contrários a aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) 122/2017 – que trata da reestruturação da previdência dos servidores públicos do DF – exonerou, nesta segunda-feira (11/9), servidores indicados pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) foi discutida pelo deputado Prof. Reginaldo Veras, na tarde de ontem (12).

O parlamentar fez uma breve retrospectiva da sua atuação como parlamentar, lembrando que já foi contrário a outros projetos do Executivo, que segundo ele não eram de interesse da sociedade, a exemplo do Pacto por Brasília, que pretendia aumentar os valores dos impostos pagos pelos contribuintes.

O deputado reafirmou sua coerência e o compromisso com seus eleitores. “Não votarei nesta Casa qualquer projeto que retire direitos dos trabalhadores e que fira as bandeiras históricas defendidas por meu partido”, disse. “Meu compromisso é com os 12506 eleitores que confiaram em mim. Não desonrarei a eles e nem a minha consciência e minhas convicções”, completou.

Assista ao pronunciamento do deputado:

NÃO SE PODE PERDER A COERÊNCIA!#NaoAoPLC122 #PLC122 #AlteracaoNaPrevidenciaNAO #CLDF #EconomizaEFaz

Posted by Reginaldo VERAS on Wednesday, September 13, 2017

 

Sobre Anna Cléa Maduro

Anna Cléa Maduro
Jornalista. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Veras comemora início do processo de regularização do Setor Primavera, em Taguatinga

Compartilhar via WhatsApp Uma luta antiga da comunidade do Setor Primavera, em Taguatinga, parece que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade