Início / Notícias / Destaques / Veras critica descaso do governo com as escolas públicas do DF
Foto Carlos Gandra/CLDF

Veras critica descaso do governo com as escolas públicas do DF

Cantina da EC 425 de Samambaia é interditada por tempo indeterminado e alunos ficam a base de bolachas e suco

Por Ísis Dantas

Em tom de desabafo o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) utilizou a tribuna durante a sessão ordinária desta quarta-feira (8) para relatar a situação da Escola Classe 425 de Samambaia, que em razão de um vazamento de gás, teve sua cantina interditada por tempo indeterminado, fazendo com que na unidade de ensino possa ser oferecido apenas suco e bolachas aos alunos.

Não é a primeira vez que o parlamentar fala da situação da escola, que segundo ele “deveria ser implodida” e cobra providências da parte do Governo de Brasília. Em outra ocasião, Veras relatou em plenário a situação de precariedade da EC 425 de Samambaia. No dia seguinte parte do teto da escola caiu, ferindo um aluno. Ontem (7), durante a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), ele voltou a discorrer sobre a condição da unidade de ensino e hoje, infelizmente, a cantina foi interditada.

“Tenho sido chato, batendo na mesma tecla sempre, mas a situação não muda”, disse. “A EC 425 é uma das escolas em situação mais precária no DF, precisa ser demolida, inclusive consta no plano de obras do governo. Infelizmente mentem para a comunidade, iludem a população com o compromisso de construção de uma nova escola, mas isso eu ouço desde menino e até hoje a promessa não virou realidade”, constatou Reginaldo Veras.

Descompromisso com a educação- O parlamentar, que desde o início de seu mandato tem percorrido as escolas públicas do DF- elencou a situação precária de várias unidades de ensino no DF e cobrou das autoridades competentes a resolução dos problemas. Em sua fala, Veras ainda ressaltou que não é compromisso do atual governo construir escolas.

“ Se uma fatalidade acontecer em alguma dessas escolas de quem será a culpa? A culpa será do Governo de Brasília, do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) ”, disse. “O governo não tem como compromisso a construção de escolas. Nenhuma escola foi construída integralmente na atual gestão. Isso é angustiante, ver como a burocracia e a falta de vontade política emperram a melhoria das condições de milhares de alunos na rede pública de ensino do DF”, lamentou.

Conheça a situação de algumas escolas do DF

Cantina interditada por mais de cinco anos – A situação não é novidade, por mais de cinco anos a cantina do CEMEIT (Centro de Ensino Médio EIT, de Taguatinga), também ficou interditada.  Em razão da ocupação do espaço por uma lanchonete e a negativa do “cantineiro” para desocupar o local, a unidade de ensino não tinha lugar para realizar a cocção e o armazenamento dos alimentos. Com isso, 2500 alunos receberam como lanche da Secretaria de Educação, por mais de cinco anos, apenas bolachas e suco. Há relatos de alunos que precisaram ser socorridos pelo SAMU por queda de pressão em razão da alimentação restrita e inadequada durante o período das aulas. Após muita mobilização da comunidade escolar e com a ajuda da Agefis, que retomou a cantina devolvendo-a à escola, e dos deputados Reginaldo Veras e Chico Leite que enviaram recursos para a reforma do espaço, a cantina foi reaberta e os alunos recebem refeições de qualidade.

Aluno Eletrocutado –  Em outubro de 2016, em razão das péssimas condições da rede elétrica do Centro de Ensino Médio (CEM) 01 de Planaltina, um aluno da escola foi eletrocutado ao encostar no portão. Os deputados Reginaldo Veras e Wasny de Roure foram ao local, junto com a defesa civil, para verificar a situação. Os parlamentares enviaram recursos – via emendas parlamentares – para refazer toda a rede elétrica da unidade de ensino. Agora os alunos não terão mais problemas com choques.

Aluno na UTI – Há menos de um mês um dos alunos do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 17 de Taguatinga, brincando com um coleguinha durante o intervalo acabou caindo em um buraco que existia dentro da escola e teve o baço perfurado. Ele inconsciente teve que ser hospitalizado, precisando ficar na Unidade de Terapia Intensiva.

Se quiser saber mais CLIQUE AQUI acesse o relatório que detalha a realidade de inúmeras escolas da rede pública de ensino no Distrito Federal. O documento foi elaborado pelo deputado Prof. Reginaldo Veras em 2015 e entregue ao Governador do DF, ao Secretário de Educação do DF e ao presidente do tribunal de Contas do DF.

 

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o presidente da Comissão de constituição e Justiça (CCJ), deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Professores do CEM 111 do Recantos das Emas fazem vaquinha para custear inscrições de alunos no PAS e vestibulares

Compartilhar via WhatsAppPor Ísis Dantas   O deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) utilizou a tribuna …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessibilidade