fbpx

Educadores sociais terão renda temporária durante a pandemia

Os mais de 4,5 mil educadores sociais voluntários que auxiliam nas atividades escolares receberão uma “renda temporária”, no valor de R$ 500,00, mensais, proporcional ao período de suspensão das aulas devido à crise provocada pela Covid-19. A  medida foi aprovada, nesta quarta-feira (22), em primeiro, segundo turno e redação final, durante sessão remota da Câmara Legislativa.

O texto aprovado, na forma de um substitutivo, contempla dois projetos de lei sobre o assunto que tramitavam conjuntamente na Câmara Legislativa, o primeiro, PL no 1.137/2020, proposto pelo deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), acolhido pelo presidente da Casa, deputado Rafael Prudente (MDB) e subscrito pelos deputados João Cardoso (Avante) e Júlia Lucy (Novo), e o segundo, que recebeu o número 1.338/2020, de autoria do Poder Executivo.

A ideia da proposta surgiu devido ao pagamento das diárias desses profissionais – R$ 30,00, para cobrir despesas com alimentação e transporte – ter sido interrompido desde a publicação do decreto governamental que suspendeu o funcionamento das escolas, em março.

De acordo com o texto, os profissionais que atuavam na data em que as aulas foram suspensas farão jus “à assistência financeira temporária e emergencial”, cujo pagamento, de acordo com os parlamentares autores da proposta está garantido pelo governo.

Para Veras, que além de deputado é professor, os educadores sociais voluntários exercem atividades de extrema importância nas escolas e por isso merecem respeito e garantias durante o período da pandemia.

O projeto agora segue para sanção do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004 e estudante de Comunicação e Marketing. Ísis Dantas trabalha como assessora de imprensa na Câmara Legislativa há quase 15 anos - desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Veras comemora início do processo de regularização do Setor Primavera, em Taguatinga

Compartilhar via WhatsApp Uma luta antiga da comunidade do Setor Primavera, em Taguatinga, parece que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade