fbpx

Governo sofre derrotas na CCJ

Na tarde desta terça-feira (21), o governador Ibaneis Rocha (MDB) sofreu duas derrotas na Comissão de Constituição e Justiça ( CCJ) .

Durante a reunião da comissão a Proposta de Emenda à Lei Orgânica (PELO) 19/2019, que pretendia acabar com a obrigatoriedade de que 50% dos cargos comissionados sejam ocupados por servidores concursados, foi rejeitada pelos distritais.

Em seu parecer o relator da matéria, o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), deixou claro que caso aprovada, a PELO, que é imoral, possibilitaria que 100% dos cargos em comissão na administração pública seriam de livre provimento.

Segundo Veras, “isso aumentaria o cabideiro de emprego, o toma lá da cá, o fisiologismo, o que aumentaria a imoralidade na administração pública”.

“Por entender que a proposta fere o princípio do concurso público e os princípios básicos da administração pública como o princípio da legalidade, da impessoalidade e da moralidade, nosso parecer foi pela rejeição e inadmissibilidade”, disse Veras.

Além de Veras, os deputados presentes na reunião – Daniel Donizet (PSDB), Reginaldo Sardinha (Avante) e Roosevelt Villela (PSB), se sensibilizaram e acolheram o parecer do relator, rejeitando a matéria.

“Vamos continuar trabalhando para moralizar a administração pública do DF, para defender o servidor público e o concurso público”, concluiu Veras.

Ensino Domiciliar – Outra derrota sofrida pelo governo foi em relação ao projeto que estabelece o ensino domiciliar no DF.

Veras protocolou um requerimento pedindo que a proposta fosse retirada de pauta para que antes da votação seja realizada uma audiência pública para debater o assunto com todos os interessados.

O pedido foi acatado por dois votos favoráveis, uma abstenção e um voto contrário. A audiência pública já tem data, acontecerá no próximo dia 18 de agosto, às 10h, na sala de reunião das comissões, na CLDF.

Para Veras, “com opiniões divergentes entre pais, estudantes, sindicatos e sociedade, a proposta precisa ser amplamente debatida”.

GOVERNO SOFRE DERROTA NA CCJParecer de Veras mantém os princípios da Administração Pública e do Concurso Público#ccj…

Posted by Reginaldo VERAS on Tuesday, July 21, 2020

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Mais de R$280 mil para o SAMU

Compartilhar via WhatsApp O Distrito Federal enfrenta um dos momentos mais difíceis no combate ao …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade