fbpx

Andamento da Duplicação da DF-250 e construção de viaduto para ligar Paranoá e Itapoã são temas de debate

Na tarde desta quinta-feira (27), durante reunião remota, proposta pelo Grupo de Trabalho pela duplicação da DF-250, mais de 20 lideranças comunitárias debateram com diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Júnior, o Prof. Garibel, ex-administrador do Paranoá e membro do GT, e o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT), a retomada da licitação para duplicação da DF-250 e a construção de viaduto que ligará o Paranoá ao Itapoã.

Na ocasião, Fauzi explicou aos presentes que a licitação para a duplicação da DF-250, lançada em abril passado e suspensa no mesmo mês pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), deve ser retomada logo. Segundo ele, o governo do DF e o DER já iniciaram a resolução dos problemas apontados pelo TCDF e que levaram a suspenção da licitação.

“A partir da segunda quinzena de agosto a obra deve ser iniciada, pós terem sido superados todos os passos do processo licitatório”, disse Fauzi.

O deputado Prof. Reginaldo Veras, que conhece de perto a reivindicação da comunidade, aproveitou o espaço para colocar seu mandato à disposição dos moradores da região.

“Acompanho a luta de vocês pela duplicação da DF-250. Estou junto com a comunidade, não só trabalhando para melhorar a qualidade da educação na cidade, mas para buscar melhorias na infraestrutura dos equipamentos públicos e vias do Paranoá”, disse. “Meu mandato está à disposição para intermediar politicamente em favor dos habitantes da região, trabalhando para melhorar a qualidade de vida de vocês”, concluiu o distrital.

Por fim, o Prof. Garibel agradeceu a participação de todos e destacou a importância das lideranças comunitários e de representantes do Legislativo Local, entre eles o deputado Reginaldo Veras, pressionarem para que essa obra possa sair do papel e virar realidade.

Entenda a novela da duplicação – A obra da duplicação da DF-250 é uma reivindicação antiga da comunidade do Paranoá/Itapoã, são 13 anos de espera.

A obra tem valor estimado em R$ 16 milhões. O serviço de duplicação vai abranger os 5,3 km no trecho compreendido entre a Estrada Parque Contorno (DF-001) e a Estrada Parque Tamanduá (DF-015) até o acesso a Sobradinho dos Melos.

Na tarde desta quinta-feira (27), durante reunião remota, proposta pelo Grupo de Trabalho pela duplicação da DF-250, mais de 20 lideranças comunitárias debateram com diretor-geral do DER, Fauzi Nacfur Júnior, o Prof. Garibel, ex-administrador do Paranoá e membro do GT, e o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT), a retomada da licitação para duplicação da DF-250 e a construção de viaduto que ligará o Paranoá ao Itapoã.

Na ocasião, Fauzi explicou aos presentes que a licitação para a duplicação da DF-250, lançada em abril passado e suspensa no mesmo mês pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), deve ser retomada logo. Segundo ele, o governo do DF e o DER já iniciaram a resolução dos problemas apontados pelo TCDF e que levaram a suspenção da licitação.

“A partir da segunda quinzena de agosto a obra deve ser iniciada, pós terem sido superados todos os passos do processo licitatório”, disse Fauzi.

O deputado Prof. Reginaldo Veras, que conhece de perto a reivindicação da comunidade, aproveitou o espaço para colocar seu mandato à disposição dos moradores da região.

“Acompanho a luta de vocês pela duplicação da DF-250. Estou junto com a comunidade, não só trabalhando para melhorar a qualidade da educação na cidade, mas para buscar melhorias na infraestrutura dos equipamentos público e vias do Paranoá”, disse. “Meu mandato está à disposição para intermediar politicamente em favor dos habitantes da região, trabalhando para melhorar a qualidade de vida de vocês”, concluiu o distrital.

Por fim, o Prof. Garibel agradeceu a participação de todos e destacou a importância das lideranças comunitários e de representantes do Legislativo Local, entre eles o deputado Reginaldo Veras, pressionarem para que essa obra possa sair do papel e virar realidade.

Entenda a novela da duplicação – A obra da duplicação da DF-250 é uma reivindicação antiga da comunidade do Paranoá/Itapoã, são 13 anos de espera.

A obra tem valor estimado em R$ 16 milhões. O serviço de duplicação vai abranger os 5,3 km no trecho compreendido entre a Estrada Parque Contorno (DF-001) e a Estrada Parque Tamanduá (DF-015) até o acesso a Sobradinho dos Melos.

O processo licitatório para duplicação teve chamamento iniciado e suspenso em abril deste ano. Entre os motivos para suspender a licitação o TCDF destacou a falta de licença ambiental, o erro de cálculos e a existência de voçoroca na região da duplicação.

A comunidade também espera o início da construção do viaduto que liga a DF-001 ao entroncamento da DF-015 com a DF- 250. O valor estimado para a construção da obra de arte especial que vai beneficiar também cerca de 30 mil condutores é de aproximadamente R$60 milhões.

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004 e estudante de Comunicação e Marketing. Ísis Dantas trabalha como assessora de imprensa na Câmara Legislativa há quase 15 anos - desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Câmara aprova a inclusão de alimentos orgânicos na alimentação escolar da Rede Pública de Ensino do DF

Compartilhar via WhatsApp Na tarde desta terça-feira (25), durante a sessão remota, a Câmara Legislativa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade