fbpx

No Dia do Guia de Turismo profissionais não querem parabéns, querem ações concretas para encarar a crise

No dia 10 de maio é celebrado o Dia do Guia de Turismo, profissão regulamentada pela lei nº 8.623, de 28 de janeiro de 1993. No DF, atualmente há 360 profissionais registrados no Sistema CADASTUR, do Ministério do Turismo.

Segundo o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), em 2021 os profissionais de turismo não têm muito o que comemorar.

“O Turismo foi a primeira atividade a parar em razão da pandemia e, junto com a cultura, será uma das últimas a ser reestabelecida. O setor – responsável por um em cada 10 postos de emprego no mundo – encolheu cerca de 80% em 2020. E 2021 infelizmente não começou nada bem”, destacou. “Dentro da cadeia produtiva do turismo, o guia de turismo é o elo mais fraco e a mais de um ano tem sofrido com a falta de emprego e geração de renda”, destaca o parlamentar.

Veras lembra que a recuperação do setor só começará quando houver uma vacinação em massa da população, nacional e internacionalmente – o que por aqui, sabemos, ainda pode levar bastante tempo.  

“A recuperação do setor seguramente não se dará de forma linear; deve acontecer em ritmo diferente em cada região e por isso é preciso que os governantes estabeleçam medidas de amparo aos profissionais do setor”, diz Reginaldo Veras. “Parabenizo os Guias de Turismo do DF – profissionais que são fundamentais para desenvolvimento do turismo no DF – e me coloco à disposição para intermediar a resolução de suas demandas junto ao governo”, conclui o distrital.

Sobre Ísis Dantas

Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004 e estudante de Comunicação e Marketing. Ísis Dantas trabalha como assessora de imprensa na Câmara Legislativa há quase 15 anos - desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

Câmara aprova PELO que assegura a obrigatoriedade da língua espanhola na rede pública de ensino

Compartilhar via WhatsApp O Distrito Federal terá a língua espanhola como língua obrigatória para os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade