fbpx

Veras reforça a necessidade de visitas e vistorias a escolas e hospitais do DF

Foto: Silvio Abdon

O papel fiscalizador do Legislativo local foi alvo de pronunciamentos de parlamentares na sessão ordinária da Câmara Legislativa nesta terça-feira (31). A presidente da Casa, deputada Celina Leão (PDT) sugeriu a realização de visitas e vistorias periódicas a escolas e hospitais públicos do Distrito Federal. A proposta foi elogiada pelo deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

À frente dos trabalhos da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Casa, Veras contou que a ideia já foi debatida e aprovada pelo colegiado e considerou salutar que a iniciativa conte com a participação de todos os distritais.

“As visitas devem ser chamadas de diligências, tal é a gravidade na área de saúde e educação”, afirmou.

Segundo o distrital, ele esteve recentemente numa escola no Setor P Sul, em Ceilândia, cuja estrutura foi condenada em laudo técnico. “A escola pode desabar. Tem que fechar e fazer a remoção dos estudantes”, defendeu. “Essas visitas técnicas são fundamentais para que esse Poder Legislativo exerça sua outra função, a função fiscalizadora, e cobre do Poder Executivo que esses problemas sejam corrigidos”, finalizou.

Denise Caputo, da Coordenadoria de Comunicação Social da CLDF, com alterações

Sobre Ísis Dantas

Ísis Dantas
Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004. Trabalha como Assessora de Imprensa na Câmara Legislativa desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

CLDF debaterá os problemas de saúde que afetam os profissionais de educação do DF

Compartilhar via WhatsApp A saúde dos profissionais de educação do Distrito Federal será tema de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade