fbpx
Foto: Ísis Dantas

Filas do CRAS: Veras desafia Ibaneis

Nesta terça-feira (2) a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) iniciou mais um semestre legislativo. Um dos temas que marcaram os discursos dos deputados distritais foi uma declaração recente do governador Ibaneis Rocha (MDB) sobre as filas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Durante convenção partidária que oficializou seu nome como candidato à reeleição para o governo do Distrito Federal, Ibaneis disse que “quem reclama da fila do CRAS tem muito o que agradecer”, argumentando que os benefícios sociais de seu governo não existiam no passado.

O líder do Bloco Sustentabilidade e Educação, Prof. Reginaldo Veras (PV), utilizou o comunicado de líderes para repercutir a fala do governador e aproveitou para desafiá-lo.

Segundo Veras, as pessoas estão sendo humilhadas na fila do CRAS. “O governador fala que a população que passa fome e frio nas filas do CRAS deveria agradecer. Quem é que agradece por estar sendo humilhado? O governador tinha que ter vergonha na cara e pedir desculpas para a população do DF. Eu desafio Ibaneis Rocha para ir junto comigo passar uma noite na fila do CRAS. O colchonete e o pão de queijo são por minha conta. O desafio está lançado, aguardo retorno”, cobrou o parlamentar.

Foto: Ísis Dantas

Sobre Ísis Dantas

Formada em Comunicação Social/ Habilitação Jornalismo pela Universidade Católica de Brasília em 2004 e estudante de Comunicação e Marketing. Ísis Dantas trabalha como assessora de imprensa na Câmara Legislativa há quase 15 anos - desde 04 de setembro de 2006. Atualmente assessora o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), reeleito para seu segundo mandato parlamentar.

Veja também

CLDF presta homenagem aos professores e estudantes de Teologia do DF

Compartilhar via WhatsApp Na manhã desta sexta-feira (05), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade