fbpx

Entrevista: Veras fala sobre a lei que garante a presença de um cirurgião-dentista nas UTIs da rede pública de saúde

Em 2015, após receber representantes do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO-DF) em seu gabinete, o deputado Professor Reginaldo Veras (PDT) propôs uma lei (5744/2016) para garantir a inserção de profissionais de odontologia nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da rede pública distrital.

A ideia, que partiu da categoria, visava a redução do risco de doenças bucais graves nos ambientes hospitalares. Afinal, muitas vezes, a falta de um especialista em odontologia nas UTIs, por exemplo, faz com que alguns pacientes sejam diagnosticados incorretamente ou não recebam o tratamento adequado – o que impede a melhora do quadro clínico do indivíduo internado.

Segundo o autor da lei, sancionada em 2016, ele desconhecia o papel dos profissionais dentro dos hospitais, contudo, “o Dr. Samir, ex-presidente do CRO-DF, junto aos dentistas que acompanharam a construção do projeto de lei, tiveram a preocupação de nos apresentar os argumentos e a relevância dessa medida para a população assistida nas unidades de saúde”, frisou o Prof. Reginaldo Veras.

Na entrevista para o portal O Panorama, no quadro Odontologia Para Todos, Veras contou um pouco mais sobre o processo de construção dessa lei, além de falar sobre a sua atuação enquanto deputado e enquanto professor. Assista o bate-papo na íntegra:

Sobre Anna Cléa Maduro

Jornalista. Assessora atualmente o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT).

Veja também

Câmara aprova PELO que assegura a obrigatoriedade da língua espanhola na rede pública de ensino

Compartilhar via WhatsApp O Distrito Federal terá a língua espanhola como língua obrigatória para os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acessibilidade